Volta às aulas: como aumentar as vendas com brinde promocional



A volta às aulas deve ser vista pelos empreendedores do varejo como uma ótima oportunidade de aumentar as vendas. Momento extremamente importante para a economia, as listas de material escolar fazem com que os pais e alunos saiam em busca do que é necessário para começar mais um ano letivo. Caderno, lápis e caneta são os itens mais básicos de uma série deles que precisam ser adquiridos, o que faz com que os consumidores já comecem as pesquisas para analisar o melhor custo-benefício. Como é no mês de janeiro em que as papelarias, livrarias e demais lojas afins garantem a maior parte do lucro do ano todo, é necessário realizar um bom planejamento. Dentro dele deve estar a distribuição de brinde promocional, uma vez que se trata de uma cartada certeira para se diferenciar.

Fazer uma análise dos métodos utilizados pelas lojas concorrentes é uma das primeiras medidas a serem tomadas. Levar em consideração as ações assertivas do ano anterior também pode ser bastante interessante, além de colocar em prática novas ideias. Afinal, apresentar diferenciais é fundamental na conquista dessa fatia do mercado, visto que o consumidor busca a cada dia mais facilidades, além de ser reconhecido e ter boas condições de pagamento. Atuar com preços competitivos pode ser uma boa ideia, já que janeiro é um mês em que uma série de contas importantes vencem e precisam ser quitadas. Mas essa não deve ser a única estratégia. Pensar na possibilidade de distribuir brinde promocional para as crianças é um grande atrativo para a volta às aulas, sem contar nos serviços que podem ser oferecidos, como encapar e etiquetar o que for preciso.

Além de procurar oferecer o que há de melhor e mais moderno no mercado, a maneira de atrair mais consumidores também precisa ser pensada. De acordo com a Zimi, empresa especialista em brinde promocional, grande parte das pessoas gostam de ser recompensadas e isso faz com que os brindes as motivem a comprar em determinado estabelecimento, em detrimento de outro. “No caso da campanha de volta às aulas, uma dica bastante interessante é investir nas crianças. Buscar itens que as deixe contentes irá valorizar o estabelecimento e pode ser uma ação determinante para a escolha dos pais”, afirma.

Como muitas crianças costumam ir junto com os pais comprar o material, esse apelo para elas pode ser valioso. Tática utilizada especialmente em lojas físicas, ela também pode ser explorada nos e-commerces, desde que o público seja devidamente segmentado. Se as crianças tiverem contato com o brinde promocional de volta às aulas oferecido pela loja, certamente isso será um atrativo, até mesmo de incentivo para começar um novo ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *