Dia dos pais: as atividades de diferentes empresas e como se diferenciar

 

No segundo domingo de agosto é comemorado o Dia dos Pais e está mais do que na hora das empresas começarem a se mobilizar. Para o varejo, essa é mais uma grande oportunidade de aquecer as vendas e movimentar a economia. Já para empresas de outros segmentos, eventos corporativos são muito bem-vindos, sem contar nas escolas que realizam apresentações e homenagens. Tudo isso envolve planejamento e que precisam começar desde já.

As lojas que pretendem incentivar a compra de presentes podem esperar um movimento considerável, é o que acredita a Zimi, especialista em brindes personalizados. “Todos os anos nessa época costumamos receber muitos pedidos de empresas que querem se diferenciar de alguma maneira e agregam brindes aos seus produtos”, explica. O Dia dos Pais é a primeira data importante para a economia no segundo semestre, já que a última, com vendas mais expressivas, foi o Dia dos Namorados comemorado em junho.

Para quem trabalha com e-commerce o cenário não é muito diferente. À frente das lojas físicas pela praticidade de compra, o movimento do comércio eletrônico também costuma ser bastante significativo no Dia dos Pais. A gama de opções diversificadas e personalizadas é outra vantagem da internet e que atrai muitos dos clientes. Neste caso, a Zimi recomenda que as lojas utilizem a estratégia conhecida por overdelivering. “A ideia é a empresa enviar uma surpresa ao cliente. No momento do recebimento da encomenda ele deve receber algo a mais, como um brinde, que o deixe tão grato a ponto de recomendar a loja e voltar a comprar”, conta.

Já nas empresas o foco é outro. Como o comércio direto de mercadorias não é o foco, muitos setores de RH realizam eventos voltados ao Dia dos Pais. Palestras motivacionais e informativas são comuns, sem contar em momentos de descontração como cafés da manhã ou da tarde. Esses eventos também costumam contar com brindes personalizados e é um importante momento para a empresa reforçar o seu respeito e compromisso com a qualidade de vida dos seus colaboradores. Por isso, a entrega de squeezes, bolsas e demais acessórios é comum, sem contar no sorteio de presentes diferenciados. “Nos casos de eventos corporativos, a capacidade de investimento da empresa é o que irá ditar as possibilidades de brindes”, reforça a Zimi.

Por fim, tem a tradição das escolas de ensino básico e fundamental, que realizam apresentações em homenagem ao Dia dos Pais. Geralmente, o presente dos pequenos é confeccionado na própria escola e se tratam de alguma arte desenvolvida por eles com o auxílio dos professores, mas a Zimi diz que há alguns anos muitas escolas, especialmente as particulares, têm buscado presentes diferenciados para aliar a essas homenagens. “Já enviamos encomendas de carregador portátil e caixa de som, por exemplo. Nossa linha de produtos é bastante variada e permite uma escolha conveniente ao tipo de necessidade do cliente”, finaliza. Independentemente das escolhas, é imprescindível que o planejamento comece o quanto antes, caso já não tenha iniciado, para que no Dia dos Pais tudo esteja de acordo com o planejado.